quarta-feira, 8 de abril de 2020

Aluguel de ações: como ganhar uma graninha extra!!

Olá, investidores

Com as quedas recentes na Bovespa percebi que algumas ações da minha carteira, que estavam disponíveis para alugar, foram alugadas neste primeiro trimestre de 2020 e assim pude ganhar uma graninha extra, sendo o valor recebido com aluguel destinado à aquisição de mais ações com foco no B&H.

Abaixo segue um compilado de alguns sites que visitei e que me ajudaram a tirar dúvidas quanto ao aluguel de ações. Ao final mostrarei o quanto ganhei até o momento com o aluguel.

Antes do começar a explicação, lembre-se que para conseguir alugar as ações é necessário que haja dois personagens: o doador e o tomador.
Doador: são pessoas que tem ações e não pretendem vendê-las no curto prazo. É nóis na fita, o investidor de longo prazo.
Tomador: são pessoas que querem se beneficiar de um mercado em queda. É o especulador!!

1) O que é o aluguel de ações?
Aluguel de ações é um tipo de operação que pode ser feita na bolsa de valores onde uma pessoa “empresta” um ativo para outra pessoa mediante o recebimento de uma taxa de aluguel pelo prazo em que as ações ficam emprestadas.

2) Quais são as vantagens do aluguel de ações para o doador?
- Recebimento de remuneração no valor acordado com o tomador;
- Autonomia para estabelecer qual será o prazo de vencimento da locação;
- Rentabilidade com a carteira de ações;
- Reembolso ajustado dos juros e dividendos das ações alugadas durante o período do empréstimo;
- Sem custos;
- Operação segura garantida pela CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia).

3) Só posso alugar ações?
Não. A operação de aluguel mais comum é com ações, mas os ativos que podem ser alugados são: ações, BDRs, Units e ETFs. Lembrando que FIIs não podem ser alugados.

4) Quais os tipos de contrato de aluguel de ações?
- Contrato reversível ao doador
Neste tipo de contrato, o doador tem o direito de encerrá-lo a qualquer momento, independentemente do período acordado. Caso isso ocorra, o tomador paga apenas a taxa de aluguel proporcional ao período que ficou com as ações.

- Contrato reversível ao tomador
Neste caso, é o tomador que possui o direito de finalizar o contrato independentemente da data de vencimento e deve devolver as ações a alugadas em até quatro dias.

- Contrato reversível ao tomador e ao doador 
Essa versão do contrato permite que tanto o tomador quanto o doador possam finalizar o contrato de aluguel antes do vencimento. Caso o doador solicite a devolução do papel antes do vencimento, o tomador terá 4 dias úteis para devolver as ações.

- Vencimento Fixo
No contrato com vencimento fixo, o doador e o tomador devem cumprir o período de vigência do contrato acordado previamente por ambas as partes.

5) Qual a rentabilidade que posso obter com o aluguel de ações?
A taxa de remuneração nessas operações varia de acordo com cada ativo e a B3 divulga diariamente em seu site as taxas médias de negociação. As taxa de remuneração ao doador podem ser consultada neste link da B3.

6) Quais os custos o doador terá com o aluguel?
Não há custos para o doador. Somente será cobrado imposto de renda sobre os ganhos com aluguel (alíquota decrescente de 22,5% até a menor alíquota de 15%, dependendo do prazo alugado). Mas não se preocupe com o IR a pagar, pois a retenção é realizada pela própria corretora sendo o valor disponibilizado na sua conta já líquido de imposto.

7) O doador continua recebendo os proventos quando as ações estão alugadas?
Sim, o doador mantém todos os direitos sobre as ações, entre eles, o recebimento de dividendos e de juros sobre o capital próprio. O mesmo acontece com as bonificações, com a diferença de que as cifras em questão só serão repassadas no vencimento do contrato, com o valor corrigido.

8) Quais os riscos envolvidos na operação?
Para o doador de ações o risco pode ser considerado mínimo, pois a CBCL (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia), que faz a intermediação da operação, exige uma garantia do tomador. 
Já o tomador de ações corre riscos mais elevados que o doador. O primeiro deles é a atualização diária das garantias exigidas. Caso seja exigido um novo valor de margem (seja pela B3 ou pela corretora) e o tomador não tiver capital suficiente, há a possibilidade de se ver obrigado a reduzir a operação ou até encerrá-la.

9) Como faço para alugar minhas ações?
Antes de entrar em contato com a corretora certifique-se de que suas ações estejam disponíveis na "Carteira 21016 - Carteira Livre" no CEI (Canal Eletrônico do Investidor) da B3, e que estejam devidamente liquidadas, ou seja, tenham sido compradas há no mínimo dois dias úteis antes, não menos que isso. Feita esta consulta preliminar, verifique no site da sua corretora qual o procedimento para alugar suas ações, já que cada corretora tem sua própria maneira de realizar esta operação. 

No meu caso, utilizo a corretora Modal Mais e como não há um sistema de aluguel de ações automático, preciso entrar em contato por meio deste formulário, opção demais assuntos, e então solicitar o aluguel. Aí na descrição da mensagem, informo o seguinte texto:

Assunto: Aluguel de ações posição de doador
Ativo: XYZW3
Quantidade: xxxx ações
Taxa: x,x% a.a.
Vencimento: 29/12/2020
Tipo de contrato: Reversível ao tomador e ao doador 

Para definir a taxa de remuneração eu não fico consultando ativo por ativo no site da B3. Escolhi 8% a.a para todas as ações em carteira. No início do ano, a Selic estava em torno de 4% a.a aí resolvi chutar o dobro da taxa Selic. Sim, foi no chutômetro mesmo. Quanto ao prazo escolhi o último dia útil do ano corrente pois não penso em vender nenhuma ação no momento. E, finalmente, o tipo do contrato reversível ao tomador e ao doador significa que ambas as partes envolvidas no aluguel podem encerrá-lo a qualquer momento.

Depois é só aguardar e ir acompanhando no CEI da B3 em Investimentos -> Empréstimo de Ativos,  se alguma ação foi alugada.

No CEI ainda é possível consultar os empréstimos já encerrados na opção Extrato e Informativos -> Empréstimos de Ativos -> Aviso de Movimentação, ou seja, este é o valor que irá aparecer lá no extrato da sua corretora.

Assim, até o momento recebi o valor de R$ 182,76. O valor recebido não é alto, mas acho que está bom, principalmente porque o mercado está em um momento de baixa e devido a isso tenho consigo alugar as ações e receber uma graninha extra.

Por fim, para saber quais os contratos de aluguel que já foram encerrados acompanho o extrato pelo APP da corretora e quando vejo "Taxa de remuneração - BTC s/ ação tal", aguardo a ação ficar novamente na Carteira Livre e preencho o formulário solicitando um novo aluguel.



That's all folks!!!


Fonte: Modalmais, BTG, Suno, XP e Clear

16 comentários:

  1. Interessante, porém creio eu que compensa pra quem já tem uma carteira robusta, ou seja, com quantidade significativa de ações.

    Quanto ao IR, li por aí que dá um trabalho pra declarar aluguel de ação, chegou a estudar sobre isso?

    Estou retribuindo a visita e vou te adicionar ao meu Blogroll =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Colheita
      Minha carteira ainda é pequena, logo não tem como ganhar muito com o aluguel. Mas mesmo assim resolvi fazer e ganhar um pouco. Por exemplo, na ODPV3 o valor recebido de aluguel corresponde a mais ou menos a metade do valor que recebi ao longo de 2019 em proventos.
      Quanto ao IR ainda não li a respeito. Não acho que seja um bicho de sete cabeças, basta manter a organização e depois lançar os dados no programa.
      Adicionei seu blog.

      Excluir
  2. Olá, Garota!

    Primeira vez aqui no seu blog, comecei no mundo dos investimento e da blogosfera recentemente =)

    Achei bem relevante esse valor que você recebeu pelo tamanho da sua carteira. Apesar de eu ter uma carteira bem menor no momento, me motivei e acabei de colocá-la para alugar através de um formulário ca corretora (Clear).

    Como os rendimentos são creditados na conta da corretora já com o IR descontado, ainda assim é necessário declarar esses rendimentos?

    Um abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eng.
      Seja bem vindo. Sim, é necessário declarar o valor líquido dos rendimentos obtidos com aluguel de ações, assim como ocorre com o JCP.
      Abraços.

      Excluir
    2. Eu realmente ainda sou muito noob, não sabia que os JCP tinham que ser declarados, hahahha!

      Muito obrigado pelo esclarecimento =)!

      Excluir
  3. Olá GI, estou esperando aumentar mais a carteira para também começar a alugar. É sempre bom receber renda extra.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, QVD
      Dá pra alugar a carteira com pouca ações também. Minha carteira ainda está bem pequena e consegui alugar várias ações. Assim, vai pingar um dinheirinho na sua conta para reinvestir =).

      Excluir
    2. Vou analisar, quem sabe gera uma rendinha né :)

      Abraços,

      Excluir
  4. Gostei muito de sua explicação, meus parabéns, tenho mandado alguns contratos porem ainda não tive sucesso, vou continuar tentando. outra coisa através de qual corretora você investe fora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, MJ
      Última vez que consegui alugar ações foi em março. Minha carteira de ações está disponível para alugar mas não tenho conseguido mais. É mais fácil alugar quando o mercado está em baixa ou deixando no modo automático, se houver este serviço na sua corretora.
      Para investimentos no exterior, estou utilizando a corretora TD Ameritrade. Dê uma olhada neste post que conto minha experiência na abertura da conta. https://garotadeinvestimento.blogspot.com/2019/12/abri-conta-em-uma-corretora-americana.html
      Obrigada pela vista e bons investimentos!!

      Excluir
  5. Ótimo post. Parabéns! Como tenho interesse em apenas acumular, estou pensando seriamente em começar a alugar as ações.

    Sucesso!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Oi Garota de Investimento, tudo bem?
    Conheci seu blog agora e está me ajudando a abrir uma conta na TD Ameritrade. Esses gráficos e tabelas são do Excel ou usa outro programa?

    Sucesso e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anon
      Seja bem vindo. As tabelas desta postagem são do CEI da B3. Os gráficos nas postagens de fechamento mensal é de uma planilha no Google feita pelo Dlombello. Lá tem o link para cópia.
      Bons investimentos!

      Excluir
    2. Oi Garota de Investimento, acabei escrevendo na postagem errado, era no de fechamento mesma. Mas não animei nessa planilha pois pelo que eu entendi tem que instalar complementos. Mas obrigado pela resposta. Abraços

      Excluir
    3. Olá, Anon
      Pelo que me lembre, não tive que instalar nada. A planilha fica hospedada no Google.

      Excluir

Fechamento junho/2020 - mês de boa!