sábado, 1 de fevereiro de 2020

Fechamento janeiro/2020 - Segue o jogo

Em janeiro os títulos públicos se comportaram como renda fixa, ou seja, sem grandes emoções. Os títulos IPCA de médio e longo prazo ficaram com as taxas de compra andando de lado ao longo do mês. Já os títulos pré-fixado apresentaram uma pequena redução na taxa de compra, como por exemplo o título Pré 2022 que iniciou janeiro com taxa de 5,22% e encerrou com 4,97%. Atualmente, tenho dado preferência pelos títulos IPCA, pois protege contra o risco da inflação.

Na Bovespa, este mês foi de altos e baixos. O Ibov chegou a fazer um novo topo histórico com 119.593 pontos, mas com as notícias sobre o coronavírus e a incerteza do impacto que o mesmo causará na economia chinesa, o jogo virou e o Ibov apresentou queda de 1,63%. 

Vamos ao fechamento de janeiro/2020!

Parte I - Renda Fixa
Composição da carteira

Aporte no mês: compra de um título IPCA+ 2045
Rentabilidade carteira Renda Fixa no mês: 0,85%
Rentabilidade do CDI no mês: 0,37%
Rentabilidade da carteira desde julho/2017: 31,92%
Rentabilidade do CDI desde julho/2017: 17,75%


Conclusão: mês tranquilo no Tesouro Direto. Único movimento realizado foi a compra de um Título IPCA+2045. Assim, a carteira de renda fixa fechou o mês de janeiro com rentabilidade de 0,85%.

Parte II - Ações
Em janeiro, na bolsa brasileira comprei apenas BBSE3 (37 ações) e na bolsa americana fiz meu primeiro aporte, com a compra do ETF VNQ (3 cotas). Por ora, no cálculo dos fechamentos mensais irei considerar apenas os investimentos aqui no Brasil. Como ainda é um valor baixo quero procurar alternativas para acompanhar o investimento no exterior. Queria manter o valor em Dólar e não ficar convertendo para Real todo mês. Se alguém tiver sugestões de acompanhamento da carteira em moeda estrangeira, favor deixar sugestões nos comentários.


Rentabilidade da carteira Renda Variável no Brasil: 2,17%
Rentabilidade do IBOV no mês: -1,63%
Rentabilidade da carteira desde junho/2017: 79,83%
Rentabilidade do IBOV desde junho/2017: 81,40%
Proventos recebidos no mês: R$ 375,54


Mico do mês foi para CIEL3 -15,32% e setor bancário ITSA4 -8,73% e BBDC3 -7,95%.
Destaque positivo para SAPR3 +28,59% e FRAS3 +20,70%.

Conclusão: a Cielo continua a ser o patinho feio da carteira, apresentando uma desvalorização de -44% desde o início do investimento em 2017. Pelo andar da carruagem não há perspectiva de melhoras no curto prazo, pois a empresa apresentou um péssimo resultado ao longo de 2019. Receita que não sai do lugar, aumento de despesas e custos e menor resultado financeiro, o que fez com que o lucro líquido de 2019 encerrasse em R$ 1,7 bi, uma redução de 49% em relação a 2018.

A carteira de renda variável encerrou janeiro/2020 com valorização de +2,17%, enquanto o Ibov teve uma queda de -1,63%. Em janeiro de 2019, a rentabilidade da carteira estava praticamente empatada com o IBov e ao longo do ano perdeu para o índice. Agora em janeiro 2020, coincidentemente a carteira empatou novamente com o Ibov. Sabe o que isso significa? Nada. 😂

Parte III – Carteira consolidada
Rentabilidade da carteira no mês: 1,48%
Rentabilidade da carteira desde junho/2017: 40,79%
Carteira dividida em: 46,90% RV e 53,10% RF

Conclusão:
Patrimônio total em janeiro fechou em R$ 316k, representando um aumento de R$ 9k em relação ao mês anterior (aporte + valorização da carteira). Segue o Bull Market.

That's all folks!!

Link para download da planilha: https://sites.google.com/view/dlombelloplanilhas

15 comentários:

  1. Garota de Investimento,

    Gostei da planilha, vou baixar. Agradeço por ter compartilhado o link. :)

    Boa semana!
    simplicidadeeharmonia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A planilha é muito boa. O autor da mesma está sempre atualizando e trazendo melhorias.

      Excluir
  2. Show de bola o retorno foi muito bom. Como não tem fiis, não sofreu esse mês de janeiro. Segue o jogo. Parabéns GI.

    Abraçoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente quem tem FIIs sofreu um pouco em janeiro. Mesmo com o Ibov caindo, a carteira ainda ficou no positivo.

      Excluir
  3. Esse mÊs acho que vai ser estranho. Se um chinês espirra a bolsa aqui sente, imagina com um corona vírus boladão?
    Torcer pra manter a rentabilidade
    abraço

    ResponderExcluir
  4. Sua carteira de IPCA+ deve ta feliz com a queda da selic nessa semana ;). Você acha ainda vale apena comprar IPCA+2045?
    Também tive CIEL3 por muito tempo. peguei na baixa e vendi na baixa kkk me livrei no zero a zero.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Foco
      Minha estratégia no título IPCA 45 é comprar um título/mês e carregar até o vencimento. Se a taxa cair muito talvez eu diminua o valor aportado, mas não deixarei de comprar. Só não tenho comprado título pré, pois com o aumento da inflação em 2019, ficou mais arriscado comprar este título.
      Cielo é o mico da carteira :/

      Excluir
  5. Ola Garota,
    obrigado por compartilhar as planilhas.
    acompanhando.. enquanto crio coragem para começar a escrever no meu hahaha
    bons investimentos.

    ResponderExcluir
  6. Começando a acompanhar seu blog.. Parabéns pelo patrimônio! Senti falta da informação do valor do seu aporte no mês, acho algo importante para entender a evolução do patrimônio mês a mês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Analista
      Não coloco esta informação mês a mês porque não tenho um valor fixo para aportes. Este vai variando ao longo do ano, mas tento aportar todos os meses. No gráfico de Evolução Patrimonial é possível visualizar como os aportes se comportaram ao longo do tempo, através da linha cinza denominada "fluxo de caixa".

      Excluir