sábado, 30 de novembro de 2019

Fechamento novembro/2019 - Rentabilidade negativa

Olá, investidores! Como passaram de Black Fraude?

Pela primeira vez comprei algo na Black Fraude, mas nada de consumismo hahaha. Na verdade considero que foi um investimento, pois comprei alguns livros na Amazon. Investimento em conhecimento!! Livro sobre finanças comprei apenas O Jeito Peter Lynch de Investir.

Pelo que li na internet o item mais procurado para compra foi o celular. Porém, o meu celular de R$ 1k comprado há dois anos está funcionando perfeitamente, logo não vejo motivos pra trocá-lo ainda.

Quanto aos investimentos em novembro não foi nada bom para os títulos no Tesouro Direto. Houve aumento considerável nos DI's futuros e nas taxas do TD. Assim, os títulos em carteira se desvalorizam, mas em contra partida considero um bom momento para novas aquisições no TD.

Vamos ao fechamento de novembro/2019.

Parte I - Renda Fixa
Composição da carteira

Aporte no mês: compra título IPCA+2024 e IPCA+2045
Rentabilidade carteira Renda Fixa no mês: -2,94%
Rentabilidade do CDI no mês: 0,38%
Rentabilidade da carteira desde julho/2017: 30,26%
Rentabilidade do CDI desde julho/2017: 16,89%

Conclusão: em novembro, a carteira de Renda Fixa fechou com rentabilidade negativa de -2,94%. Pode parecer estranho renda fixa com rentabilidade negativa, mas está correto. Como esta carteira possui cerca de 40% alocado em títulos de longo prazo (IPCA+2035 e IPCA+2045) a volatilidade é alta. É a velha máxima do mercado: quanto maior o prazo, maior o risco e maior o retorno. 

Como pretendo carregar esses títulos por anos e anos, então vejo como positiva a alta no DI futuro ocorrida neste mês, já que está proporcionando melhores taxas na aquisição de novos títulos no Tesouro Direto, ou seja, é hora de comprar mais títulos no TD.

Parte II - Ações
Os aportes em novembro foram realizados em ODPV3 (de novo) e ENBR3, ambas um lote padrão, e YDUQ3 no fracionário, com 25 ações. 

Li rapidamente os releases do 3T19 e a MDIA3 me surpreendeu negativamente. A empresa ainda não apresentou bons resultados neste ano, pois nos primeiros nove meses de 2019 houve uma queda de 50% no lucro líquido comparado ao mesmo período de 2018, ocasionado pela redução no volume, aumento da capacidade ociosa, aumento do trigo, aumento do Dólar e aumento do CPV.

Já a Grendene, que também estava tendo um ano péssimo, melhorou os resultados no último trimestre. No 3T19, houve aumento de 48% no lucro líquido comparado ao 3T18. Diria que a empresa está ajeitando a casa, através da melhoria do operacional com redução do CPV e de despesas. Entretanto, no 9M19 a receita de vendas ainda apresenta uma queda de 11%, assim como o lucro líquido com queda de 14%.

Rentabilidade da carteira Renda Variável no mês: 1,27%
Rentabilidade do IBOV no mês: 0,95%
Rentabilidade da carteira desde junho/2017: 61,19%
Rentabilidade do IBOV desde junho/2017: 72,59%
Proventos recebidos no mês: R$ 164,40
Conclusão:
Mico do mês foi para MDIA3 -12,37% e BBDC3 -4,82%
Destaque para GRND3 +8,96% e YDUQ3 +8,05%

Parte III – Carteira consolidada
Rentabilidade da carteira no mês: -1,14%
Rentabilidade da carteira desde junho/2017: 33,02%
Carteira dividida em: 43,60% RV e 56,40% RF

Conclusão:
Patrimônio total em novembro fechou em R$ 289k e a rentabilidade da carteira consolidada ficou negativa devido à desvalorização dos títulos no Tesouro Direto. Falta apenas um mês para o encerramento de 2019 e tenho pensado nos planos para 2020, como por exemplo começar a estudar sobre investimentos no exterior.

That's all folks!!

Link para download da planilha: https://sites.google.com/view/dlombelloplanilhas

31 comentários:

  1. Parabéns pelo aumento de patrimônio. Em novembro passei a investir diretamente em ações, antes investia em fundos de ações.
    Graças a um misto de ignorância, com disposição para arriscar, levei uma enrabada financeira considerável e agora penso em ao menos dimunuir o prejuízo em dezembro.

    Busque outros investimentos mesmo. RF já era é só pra não perder dinheiro, quem quer alguma evolução tem que dar seus pulos, mesmo que com quedas entre esses pulos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anon
      Renda fixa não morreu não, muito pelo contrário, continua sendo um ótimo investimento a longo prazo. Me diz onde é possível encontrar um investimento que irá te pagar juros de aproximadamente 3%a.a mais inflação de um período acima de 15 anos e que possui baixíssimo risco?
      Brasileiro acha normal pagar todo mês a prestação de um imóvel financiado por 20 / 30 anos, mas pagar para si mesmo essa "prestação" em forma de títulos IPCA de longo prazo parece ser coisa de outro planeta.
      Sigo com minha estratégia de compras mensais em títulos IPCA.

      Excluir
  2. Chegando nos 300k!!!! Parabens!!!! Ano que vem tentarei fechar nos 150k. Vamos ver se consigo. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gari
      Se dezembro for bom pode ser que chegue nos 300k este ano ainda hahaha. O importante é manter o foco.

      Excluir
  3. que gráficos top!!

    estou entrando agora nessas finansfera!! Da uma olhada la no meu blog e adiciona como favorito para auxiliar o plantador aqui heheh

    ResponderExcluir
  4. Garota de Investimento, respeito quem tem posição contrária, mas não acho que renda fixa esteja morta. Realmente, deixar dinheiro, hoje, no Tesouro Direto SELIC não trará rentabilidade, mas sim, empate com a inflação.

    Mas se você tem visão de longo prazo, pode ganhar no TD IPCA +. Basta guardar o título até o vencimento e fazer aportes constantes de forma que possa pegar várias taxas no período. O problema do brasileiro é que não tem paciência e vende mesmo sabendo que o instrumento de investimento está sujeito à marcação a mercado.

    Pretendo, a partir de janeiro, aportar mais no exterior e no TD IPCA +.

    Sucesso!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá, M.I
    Concordo com vc que a renda fixa não morreu, tanto que invisto mensalmente em título IPCA desde julho/2017. Tenho títulos com taxa de ~6%a.a como de ~3%a.a. Não me preocupo com a marcação a mercado, pois pretendo levar os títulos até o vencimento. Vou deixar os juros compostos agirem por anos e anos.
    Ano que vem irei me aventurar em águas estrangeiras. Por hora, vou estudar sobre o assunto antes de investir.
    Bons investimentos!!

    ResponderExcluir
  6. Fui eu o anônimo que atestou o óbito da renda fixa.
    Até alguns anos atrás a RF era muito mais forte que agora. Sei que a inflação era maior, mas ainda assim os retornos eram bons e até mesmo a caderneta de poupança poderia ser útil.
    Garimpando bem era possível ganhar retornos bem expressivos em RF em aplicações de bancos menores por exemplo.
    Hoje essas opções são praticamente inexistentes, vocês citaram o TD, não citaram LCI, LCA,CDB etc etc.

    RF ao meu ver é pra proteção de patrimônio apenas, bons retorno como vocês mesmo disseram são só no longo prazo e aí vai depender da disponibilidade da pessoa "esquecer" esse dinheiro lá.
    Pro pequeno investidor, aquele com até uns 50K pra investir a RF se tornou uma opção pouco interessante.
    Quem desses pode deixar a maior parte do seu patrimônio rendendo pouco ao longo de anos?

    RV tem riscos? Com certeza. Mas ainda possibilita retornos bem maiores num espaço de tempo bem mais curto.
    Pra quem tem um bom patrimônio ou não tem necessidade de gastar, até acho que dá pra deixar um bom dinheiro em RF. Mas pra quem não se enquadra nisso, a RF perdeu ao meu ver sim boa parte de sua atração.
    E maioria de seus "investimentos" se não morreram, estão respirando por aparelhos.

    Anon Legista da RF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - otimo post garota

      anon, RF não morre:

      2 - O papel da Renda Fixa


      2.1 - Reserva financeira - ipca e selic, salvo tesouro ipca de longo prazo que serve também para crescimento e geração de renda



      2.2 - Permite planejar comprar um bem

      casa, carro, bens de valor alto em geral

      colocar o vencimento do título próximo à data prevista de compra do bem



      2.3 - Permite atravessar crises econômicas parcialmente ileso tendo parte da carteira em renda fixa. Equilíbrio na carteira, papel de defesa

      Excluir
    2. Acho que eu expliquei isso no meu comentário.

      Excluir
    3. Anon Legista da RF, concordo com seu raciocínio. Para o mais jovem, com o atual cenário, precisa ter maior exposição à renda variável.

      Entretanto, mesmo assim, ainda acho interessante deixar algo no Tesouro Direto IPCA +, DESDE QUE NÃO RESGATE ANTES DO VENCIMENTO, pois sabemos que as crises sempre virão. O TD IPCA + poderá ser seu bote salva-vidas.

      Você ainda terá algo. Não terá que remar tudo do zero novamente.

      Conto minha jornada em www.menteinvestidora.org Você verá no meu último fechamento de mês que tenho mais RV do que RF, mas a partir de janeiro, farei aportes mensais no TD IPCA + 2045 pois a rentabilidade deles poderá melhorar no futuro, e será a disciplina de aportes que fará meu bolo crescer, mesmo ganhando menos, mas com risco muito minorado.

      Abraço.

      Excluir
    4. Anon, respeito sua opinião mas não concordo com ela. Como o Scant disse Renda Fixa não morre.
      1) “Hoje essas opções são praticamente inexistentes, vocês citaram o TD, não citaram LCI, LCA,CDB etc etc.”
      R: Tenho LCI, LCA, CDB e debenture na minha carteira de RF, mas não invisto mais nesses ativos. A maior parte não possui liquidez e para ter uma taxa maior é necessário correr risco em bancos pequenos. Renda fixa busco tranquilidade e saber que no dia X irei receber o capital investido mais os juros pactuados na compra.

      2) “RF ao meu ver é pra proteção de patrimônio apenas, bons retorno como vocês mesmo disseram são só no longo prazo e aí vai depender da disponibilidade da pessoa "esquecer" esse dinheiro lá.”
      R: Bem, não sei o que vc considera como bom retorno. A título de exemplo IPCA+2024 com taxa de 2,39%, considerando inflação de 3,50% e SELIC de 5%, corresponderia a 119% do CDI. Para mim, é um excelente investimento pois não tem risco e caso a SELIC continue em trajetória de queda, os ganhos com a marcação podem equivaler a um CDI de 132% ou mais.

      3) “Pro pequeno investidor, aquele com até uns 50K pra investir a RF se tornou uma opção pouco interessante.”
      R: Discordo totalmente. Para o pequeno investidor o TD é a melhor opção. Em renda fixa, além da poupança, onde é possível investir valores pequenos de R$ 50,00, R$ 100,00? Normalmente, CDBs e afins exigem uma quantia mínima de R$ 1.000,00, sem liquidez, para obter rentabilidade acima de 100% do CDI. Meus aportes mensais em RF tem girado em torno de R$ 1.000 a R$ 1.500, ou seja, sou uma pequena investidora em RF.

      4) “Quem desses pode deixar a maior parte do seu patrimônio rendendo pouco ao longo de anos?”
      R: Acredito que crescimento patrimonial ocorre ao longo de anos e anos. É necessário ter paciência, pois os grandes investidores não conquistaram um grande patrimônio do dia pra noite. Se vc acha que RF rende pouco, então será necessário correr maior risco na RV.

      5) “RV tem riscos? Com certeza. Mas ainda possibilita retornos bem maiores num espaço de tempo bem mais curto.”
      R: Não se esqueça que estamos vivendo o Bull Market e no momento tudo são flores. Mas quando o jogo virar para o Bear Market vc continuaria investindo em ações? Independente do mercado, na RF vc sabe quanto irá receber no futuro (capital + juros). Por isso, para mim renda fixa nunca morrerá e terá lugar cativo na minha carteira de investimento.

      Bons investimentos!!

      Excluir
    5. RF não morreu e não morrerá no sentido de deixar de existir, mas que ficou pior em termos de opções e retorno ficou.
      Com certeza RV tem boas e más fazes e pode haver sim uma queda um pouco mais à frente.
      Com disse e reiterei a RF serve como Proteção ao Patrimônio. Mas o brasileiro "povão", ou mesmo os filhos da classe média que começam do zero devem considerar a RV como opção.
      Eu sou um cara que desde 2010 investiu em RF, primeiramente em poupança e depois em LCI, veja que são quase 10 anos, mas ver o dinheiro semi parado quando se tem alguns objetivos de consumo é complicado.
      Passei a investir em fundos de ações, que de modo geral me trouxeram retornos maiores que a RF, ou seja pra mim valeu à pena, ao entrar diretamente no mundo das ações já tive uma perda que não teria em RF.
      Mas entendi que era momento de arriscar, sempre fui conservador, mas tem momentos que arriscar tem sim seu valor e e se der errado é bom estar preparado para as consequências.

      O tempo passa a idade vai passando e tem alguns objetivos que não podem ou devem ficar pra dqui a mais 10, 15 ou 20 anos.
      E é por isso que acho que só RF pra esse fim não dá mais.
      Se mais á frente o cenário mudar a RF pode ganhar importância novamente.

      Excluir
    6. Na RF tem opções de investimentos de curto, médio e longo prazo. Basta traçar seus objetivos e procurar investimento conforme o prazo que vc precisa.
      O importante é criar o hábito de poupar e investir ao longo do tempo e aguardar que o juros compostos trabalhem a seu favor.
      Boa sorte na RV!

      Excluir
  7. Show de bola. Mdias realmente tá indo mal esse ano, mas as coisas podem mudar ai ano que vem. Já grendene eu preferi sair porque acredito que a empresa ficou acomodada, então pra mim perdeu boa parte de fundamentos. Mas, vamos vê como vai ficar ano que vem. Parabéns pelo resultado na RV, a alocação em renda fixa está alta por isso o mês negativou. Mas é isso mesmo já já reverte e 300k chegando. Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Q.V.D
      O cenário atual (trigo e dólar em alta) está sendo desafiador para MDias, mas no longo prazo ainda acho uma boa opção, principalmente pelo fato de que a empresa está expandindo no Sudeste.
      Grendene está no modo de espera. Prefiro aguardar o 4T19 para decidir se continuo aportando ou se fica na geladeira ainda.

      Excluir
    2. Concordo com você. Mdias, tá numa fase de se provar superando esse cenário ai, reajustando e passando o preço para os clientes ou se a commoditie baixar mais o preço, ela vai voar. Acredito que no longo prazo continua sendo uma excelente empresa.
      Abraços,

      Excluir
    3. Qd olhei a MDIA eu tinha visto esse problema em relação ao dólar/trigo. A compra da piraque pra entrar aqui no sudeste é interessante, mas não mostrou resultado ainda.. vamos ver no que que dá. Outro fato que gosto de olhar é a qualidade dos produtos, lógico que tem os A e os B, mas em geral a qualidade é boa.. eu só to esperando uma oportunidade pra entrar =)

      Excluir
    4. Compra da Piraquê é recente. O jeito é aguardar para saber se será boa ou não.

      Excluir
  8. Oi Garota, belo patrimônio. Meu receio com Grendene e Mdias é o risco de um eventual término dos benefícios fiscais, mas mantenho ambos no radar. Bons investimentos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Viajante
      De fato há este risco, entretanto o atual governo renovou por mais cinco anos os benefícios fiscais para as empresas localizadas nas áreas de atuação da Sudene e da Sudam.

      Criar benefícios no Brasil é fácil, agora para retirá-los já são outros 500. Imagina o lobby que as empresas beneficiadas irão fazer no Congresso.

      Excluir
  9. Muito Bem Garota de Investimento!
    Parabéns pela disciplina e nos aportes!
    Excelentes Gráficos, gostei!
    Sucesso para nós!

    https://investidormoderado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Garota, parabéns pelos quase 300k, é um belo número!!
    Essa discussão de Renda Fixa é meio "sexo dos anjos" hehe, pois não há certo e errado.
    O que existe são estratégias diferentes.
    Eu procuro ter uma parte do patrimônio em Renda Fixa, comprei quando estava no "auge" (todos os meus títulos são acima de 8% ao ano, alguns chegam a 13% e 15% da era Dilma), mas deixei de aportar nos últimos dois anos. Não por que "morreu", mas sim, por que fazia parte da minha estratégia aumentar a posiçao em renda variável.
    Eu acredito muito nisso de não ter certo e errado, cada um deve se sentir confortável e feliz com sua estratégia.
    Um abraço e um ótimo fim de ano.
    Stark.
    http://www.acumuladorcompulsivo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Stark
      Essa discussão de renda fixa está parecida com a discussão sobre a contabilização do seu imóvel no patrimônio hahahaha. Como vc disse não tem certo ou errado, depende da estratégia de cada um.
      Bons investimentos!!

      Excluir
  11. Cheguei aqui agora. Primeiras impressões: (i) que massa, uma mulher na comunidade! (ii) caramba, que organização; (iii) nossa, ela tem muito conhecimento.

    Uau! Vou começar a maratonar no blog, rs. Acabei de criar o meu e já vou adicionar ao blogroll.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Baita investimentos na Black Fraude!!! comecei a ler esse livro nesse final de semana!!! Espero terminar até o final do Mês!!!

    Um BG

    sniper

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sniper
      Vou começar a ler o livro do Peter Lynch só em janeiro. Atualmente estou lendo Sapiens - Uma Breve História da Humanidade.

      Excluir